GOOGLE

Pesquisa personalizada

quinta-feira, fevereiro 22, 2007











A Leste do Édem

- Clássico da literatura americana publicado em 1952, reconstrói o confronto bíblico vivido por Abel o bondoso e Caim o cruel. História em torno da saga de Adam Trask, forasteiro que se instala em uma fazenda na cidade de Salinas, tem dois filhos: Aron o bondoso preferido pelo pai e Cal com quem tem problemas de relacionamento. Depois de ser abandonado pela mãe dos filhos, Adan passa a ter uma vida meio vegetativa, é ajudado por um empregado chinês que é praticamente pai e mãe para as crianças, lembrando sempre Confúcio em suas falas filosóficas para orienta-las. Aron é o filho perfeito que todo o pai gostaria de ter e Cal a ovelha negra onde o pai vê refletido seu erro do passado, o envolvimento com a mãe deles. Mulher a quem amou muito, mas que o abandonou logo após o nascimento dos filhos. Cal tenta desesperadamente receber atenção do pai, mas suas tentativas são sempre frustradas.Quando queria receber carinho do pai esperava ele dormir na poltrona onde gostava de sentar, e então engatinhando como se fosse o gato da família passava por baixo de sua mão e assim ele acariciava seus cabelos pensando que era o animal. Aron recebia todas as atenções e para Cal não sobrava nada. Ele se rebelava, fazia bobagens, mas quando ia dormir pedia perdão a Deus e pedia também que o ensinasse a ser uma pessoa boa e repetia varias vezes a frase: "eu quero ser bom". Não sabia do conflito que o irmãovivia até conversar com ele um dia sobre o assunto, e Aron dizer-lhe o quanto era difícil sua vida, por que todo mundo sempre esperava dele a perfeição, não dando a ele o direito de ter uma vida normal, o direito de errar.O problema da rejeição não é problema só de Cal, existe uma família em uma fazenda vizinha com muitos filhos e o patriarca fala que vive o mesmo problema com seus filhos, como teve também com seus pais. Explica que todos os filhos são amados só que de forma diferente, mas Cal não se sente amado de forma alguma, a sua vida é um eterno desespero. Ele acha que a única pessoa que o compreende é o amigo e empregado chinês. É um livro que ensina a compreender os filhos ou os pais, uma família grande ou pequena, não importa o tamanho lá está mensagem, você se vê refletido nos personagens. Vale a pena lê e refletir.O filme Vidas Amargas baseado neste livro e encenado por James Dean, vivendo o personagem Cal, também tornou-se um clássico do cinema, mostrando o conflito de gerações.

Nenhum comentário:

MEUS FAVORITOS

SUBMARINO

Informática - Submarino.com.br